quarta-feira, fevereiro 07, 2007

APRENDAMOS COM ELES...

Hoje sentei-me no banco da praça, a frente um lago rodeado de árvores, no centro da cidade. Aos poucos se ouvia alguns pássaros cantando, outros aproveitavam o gramado para se alimentar. De repente algo me chama a atenção: uma ave, eu conheço como rolinha (espécie de pequena pomba), selecionando gravetinhos para construir um ninho. Que interessante. Fiquei horas a observar. Ela vinha de uma árvore, pouco atrás do banco que eu sentara, pousava na grama a minha frente (parecia que queria mesmo ser observada e transmitir algo, rs). Vários aprendizados foi possível tirar dessa observação.
Seletividade - a ave, em um processo altamente seletivo testava a qualidade dos gravetos. Prendia-os no bico e batia contra o chão. Se aprovado, alçava vôo, depositava-o no canto seguro da árvore, arquitetando o ninho. E assim prosseguia. Essa "seletividade" se faz necessária, afinal depende disso a garantia de que seus ovos e filhotes estarão protegidos. E nós, humanos, somos seletivos assim também? Temos esse cuidado com a vida; escolhemos os "gravetos" que irão nos acompanhar, fazer parte da nossa história?
Paciência - Para cada graveto, um vôo de ida e outro de volta. São muitos os testados e poucos os aprovados. Sai do chão, graveto no bico, deposita na posição ordenada, volta ao chão e procura outro. Nada fácil, imagine o cansaço. Essa ave pode até agir por instinto, mas sabe da importância do que está fazendo. E nós, será que temos a paciência necessária diante da vida? Das adversidades? Temos essa compreensão de que pequenos gestos, pequenos atos, feitos com respeito e carinho fazem a diferença, são importantes?
Amor - Sei que para muitos o que a pombinha fez não passa de obrigação e instinto. Mas temos que concordar: há muito amor nisso tudo. Ela poderia pôr seus ovos em qualquer lugar, ou fazer o ninho de qualquer jeito, mas não. Preferiu se dedicar, abrir mão de outras coisas, dar o melhor de si.
Realmente foi ótimo observar esse gesto, esse comportamento e dedicação. Pena não ter sido possível fotografar, queria que vocês vissem o brilho no olhar dela ao executar essas tarefas. Surpreendente.
Que assim, como esta pombinha, nós também possamos fazer da vida uma constante em seletividade, paciência, dedicação e amor. Que tenhamos o mesmo cuidado com todos os seres humanos.

15 comentários:

Elisia disse...

Já estamos sentindo sua falta,das suas risadas,mas é como tu disse o rio esta sempre correndo,pena q ñ és uma lagoa para para perto de nós,sua alegria nos contagiou,sei q estaremos juntos novamente tu e a familha pehls,adorei o q li agora no seu blog,faça uma boa viagem estaremos resando para q de tudo certo,q Deus te acompanhe,sua amiga Elisia(Rosi)e Fernando,fabiano,chico e najy,beijos

Anônimo disse...

Olá amigo. como vai? Como já falei p/ vc MOTO é p/ quem sabe andar e não quem esta aprendendo. Brincadeira, ainda bem q não aconteceu nada com vc, meu pai RHAY esta querendo falar c/ vc ele está no PR, estou de casa nova,comprei outra moto nova e quando vc chegar aparece lá vamos fazer uma pastelada, vou ficando por aqui tome cuidado, até mas de seu amigo Fernando. Campo Grande/MS, 22/02/2007.

clébão disse...

fala meu kirido, tava com saudade, fazia tempo q vc não postava nada... acredito q pra função de registro "internacional" seria legal vc postar alguma coisa sobre a visita aos "hermanos".Abraço.

Glenda disse...

Meu amigo...

Tua sensibilidade é bálsamo pra nossas almas sem esperança...

Tu mostra sempre um lado tão humano do mundo, que se não fosse por ti, e pelos corriqueiros momentos de calma em minha vida, eu teria esquecido que existiam...

Bjos, querido, e cuide-se.

Paulo disse...

Olá Romero!!
maravilhoso encontrar pessoas que conseguem com a escrita passar a sensação que se sentiu na hora da inspiração.Vc me passou.

Obrigado!!!

Paulo Paim
Campo Grande,M.s

luzdoluaremversoseprosa disse...

Oi,Du sei que deveria ter dito isto antes para vc,mas vou dizer agora,para mim vc é o "Le Petit prince",vc tem uma sensibilidade,que faz um instante ser muito especial." Só se vê bem com o coração.O essencial é invisível para os olhos."
Abração.

daniel disse...

Edu estamos selecionando com cuidado os gravetos de nossas vidas...tenhamos paciência porque no fim vai dar tudo certo. Teremos a solidez de nossos ninhos e todo o nosso aprendizado com cada graveto. Não duvide!! nunca. Vá em frente pq eu estou aqui no meio de todos os seus amigos esperando ansiosamenteo teu regresso. Grande Abraço

Lara disse...

Ola grande aventureiro, nossa quantas emoções... espero que vc não tenha se machucado. Estamos com os materiais quase prontos para mandar pro MT. Estou precisando q vc me passe os contatos, com quem devo falar. Aguardo noticias e te desejo tudo de bom, só não tenha tantas emoções. bjs Lara

Lara disse...

Olá aventureiro, nossa q susto deve ter sido esse tombinho, espero que não tenhas machucado muito. Estou precisando de sua ajuda, preciso entrar em contato com o pessoal do MS e Kaio perdeu os telefones, vc poderia me passar, o material esta pronto e`preciso tirar algumas duvidas. Granje beijo e muitas emoções pra vc.

Anônimo disse...

amém. belas palavras, ótima construção de raciocínio, muito linda a associação com a rolinha. sensibilidade. saudades. fica com Deus, se cuida.
biazinha

Elanio disse...

Edu!!!
Sucesso na viagem.
Boa observação a que fez. Como diz o Espedito, a poesia não está no papel, mas em quem lê. Acho que lições como esta da praça também é isso.

Luciano disse...

Duduka Dum!
Gostei muito do texto da pomba.
Descrição atenta e atenciosa. De um detalhe você criou um texto. Sua jornada tem sido maravilhosa, uma infinidade de assuntos a nos proporcionar. Sugiro esse bom caminho. Nos surpreenda, como fez a pomba a você, e seu texto a nós, seus leitores e comentadores.
Muita energia!
Abraço!
Luciano Antero.

Anônimo disse...

"a coisa mais importante q se pode aprender é amar e em troca amado ser!" as coisas simples da vida são as unicas q importam!!
manu-ilheus

Anônimo disse...

A vida é cheia de supresas, tal qual a natureza. E tão belo quanto a seletividade a paciencia e o amor da ave, a vida reserva-nos a alegria de conhecer pessoas que são selecionadas. Selecionadas pela beleza, pela humanidade e amor a vida e ao próximo, que exala em sua aurea e embriaga àqueles que tem a felicidade e o previlégio de as conhecer. Essas são capazes de perceber as maravilhas da natureza, que nos passa despercebidas no nosso corre-corre do dia-a-dia. O que seria de nos, pobres, tolos e cegos, se não fosses tu, capaz de transmitir a beleza e fortaleza de um passaro que seleto, paciente e amorosamente busca nos simples atos a segurança do seu ser.
Continue com a proteção do criador e o amor destes que te conhecem.
A LUZ é INFINITA para aquele que busca e transmite o bem.
Bahia - 29/03/07

Anônimo disse...

Silvana Estrela comenta...
Você demonstra ser uma pessoa muito sensível.
Temos que saber selecionar o que é de melhor para a nossa vida seguindo caminhos do bem.Ter paciência,respeito e carinho pelas coisas porque isso fará a diferença em nossas vidas.
Amemos muito,assim encontraremos a paz.
Abraços.