quinta-feira, julho 02, 2009

TV aberta estréia programa específico para o público acima dos 60 anos


Agenda 3: a TV aberta para o idoso traz linguagem simples, direta e à frente das câmeras uma jovem senhora de 64 anos

A televisão de Mato Grosso do Sul inicia uma revolução na grade de programação, com a estréia do Agenda 3: a TV aberta para o idoso, no dia 04 de julho, às 8 horas, na TV Guanandi, afiliada da Bandeirantes no Estado. Esse é um marco na história das televisões abertas, que até então não ofereciam ao público uma programação direcionada à população com mais de 60 anos. As informações sobre as pessoas da melhor idade, até então eram trabalhadas em blocos, ou, no máximo como o tema principal em um dia de programa, o Agenda 3 é totalmente voltado para esse público e tem frente às câmeras a jornalista e professora Bernardete Guiotto, de 64 anos.

Com duração de 30 minutos semanais e blocos que tratam de direito, cidadania, saúde e lazer, o Agenda 3 é informação e entretenimento do começo ao fim. Com linguagem simples e direta, os produtores do programa pretendem contribuir para um envelhecimento saudável e bem resolvido, sem preconceitos e estimulando o exercício do corpo e da mente. Para os que já estão na chamada terceira idade, a proposta é contribuir para um melhor entendimento dessa fase da vida, e, da mesma forma estimular a atividade desse idoso.

“Cuidando dos nossos idosos estamos contribuindo para a solidez das nossas famílias. Todos nós temos, ou tivemos um idoso em casa, pais, avós e em alguns casos tios, mas nem sempre sabemos como lidar, vemos as famílias se preparando para cuidar de crianças e nem sempre vemos esse mesmo cuidado com os idosos. O Agenda 3 tem a terceira idade como foco principal, mas é um programa para toda família, que também amadurece a cada dia”, declara a jornalista Christiane Reis, responsável pela direção-geral, produção e reportagem.

Os números do IBGE ilustram bem esse amadurecimento. Dados do Censo 2000 mostram que 7.3% dos 146.825.475 habitantes têm 60 anos ou mais, Mato Grosso do Sul é o Estado do Centro-Oeste com maior população idosa 5.9% dos 1.789.373 habitantes. “O Agenda 3 também traz à tona uma realidade que muitas vezes é omitida. Esse idoso é extremamente atuante, por mais que a família às vezes pense que não. O mesmo Censo aponta que os idosos do nosso Estado são responsáveis pela manutenção de 61.964 domicílios”, acrescenta o jornalista Eduardo Romero, também responsável pela produção, direção e reportagem.

Proximidade — O time ainda jovem do Agenda3: a TV aberta para o idoso também conta com o diretor de imagem, Cléber Dias, que na linguagem visual busca a relação mais íntima entre a equipe e o público alvo. “Nas nossas entrevistas procuramos sempre trabalhar a fotografia de forma a realçar as marcas do tempo e as características de personalidade dos participantes. Tecnicamente um ponto simples e interessante é que evitamos o microfone direcional, pois isso dá aos nossos entrevistados, na maioria das vezes também idosos, mais liberdade de contar as histórias deles”, explica.

A identidade visual, elaborada pela equipe da produtora Mais Multimídia, responsável pela edição, também está focada em formas que tornem a leitura mais agradável e compreensível. “Buscamos uma identidade jovem para o Agenda 3, fontes levemente arredondadas para melhor leitura. E o resultado foi um material agradável e fácil de ler”, pontua o diretor de arte da Mais Multimídia, André Rafael Martineli. “Escolhemos cores que harmonizem, o que resultou na fixação da marca Agenda3”, complementou Saulo Sandim, também da Mais Multimidia.

Além da preocupação com a identidade visual e com a técnica, a equipe do Agenda3: a TV aberta para o idoso também se preocupou em colocar frente às câmeras alguém que tivesse a experiência de vida para costurar os assuntos com melhor propriedade. Não demorou muito e a equipe encontrou a pessoa certa. Aos 56 anos, Bernardete Guiotto resolveu se dedicar ao estudo do jornalismo, pegando o diploma no alto dos 60 anos. Alegre, bem informada e dinâmica ela dá um baile em qualquer dificuldade que o tempo possa tentar colocar no caminho.

"Sempre tive como princípio, viver o momento presente com intensidade e muito amor. Eu não consigo me prender à idade que tenho. Minha alma, meu espírito são jovens. É possível ser muito feliz em qualquer idade, mas depois dos cinqüenta a vida tem outro sabor, pois acumulamos décadas e muita experiência. No Agenda 3 - A TV aberta para o idoso queremos mostrar muitas destas histórias, mostrar que ser idoso é diferente de ser velho", diz.

Serviço — Agenda 3: a Tv aberta para o idoso, todos os sábados às 8h00 na TV Guanandi, canal 13. Produção (67) 3358-9025 e-mail: a3tvabertaparaoidoso@gmail.com

Um comentário:

eliane disse...

MARAVILHOSO!!!!!

De parabéns a TV Guanandi por esta iniciativa.

Repassarei aos amigos esta novidade e serei uma das telespectadoras fiéis.

Valeu Romero!!!

Bjss...

Eliane Leão