segunda-feira, junho 18, 2007

BOI-BUMBÁ...

Um casal de escravos: mãe Catirina e pai Francisco; ela grávida desejou comer a língua do boi - o preferido do Senhor - o esposo foi a busca e cortou a língua do tal. O Senhor, dando falta do animal, mandou os vaqueiros á procura...encontraram-o morto. Desesperado ele mandou chamar os índios para a pajelância, no intuito de resuscitá-lo. Na manifestação muitas cores, interação com o público, toadas, e muita religiosidade. A festas ocorrem no mês de junho, e é dedicada aos Santos desse período. Existem várias maneiras (aqui chamadas de sotaques) dessa manifestação: boi de matacra, boi de orquesta, boi de zabumba - conforme as vestimentas e instrumentos utilizados...e São Luis é o palco de todos os bois...

4 comentários:

Anônimo disse...

Grande Aduardo...
- Tudo bem com vc meu velho?
- Espero que esteje tudo ok com você...
- Estávamos conversando no msn e falei pra ti uma coisa, mas quero deixar marcado aqui no blog, marcado e documentado... rsrsrs... Lendo esse blog e acompanhando esse trabalho, da uma vontade de pegar a estrada meu velho, isso foi na conversa que tive com o Alessandro aqui na Ecoa, mas o pior que da vontade mesmo, uns instantes de loucuda mas é a realidade...
- Desejo sorte e muita paz na estrada, qualquer coisa estamos ai, um pouco longe mais estamos... Abraços de todos amigos que te acompanham... Fique com Deus...
JEAN

kelvisrodrigo disse...

Rapaz tem uma certa briga com o povo do Piauí e do maranhao pelo dominio dessa historia, aqui o povo se diz dono do boi, no maranhao acontesse a mesma coisa... rsrsrsrs tanto q na musica eles falam q o boi é vindo do Piauí... abraço

luzdoluaremversoseprosa disse...

Sr. Eduardo,
clic,cliclic...suas palavras fotografaram a festa do Boi-bumbá.Como disse ao senhor amo estas comemorações que exaltam as histórias do país.As músicas,as danças ,o colorido muito me fascinam.
sinto mais sensibilizada ás notícias do país.Hoje leio o jornal de forma mais atenta.Os estados não representam só mais um estado.Penso neles com mais carinho gora.
Ontem (18/06)li uma crônica do jornalista Alcione Araújo(Ponte que separa)que fala sobre uma ponte construída no interior do Maranhão,que não se liga a lugar nenhum.E prestei a maior atenção,pq é o lugar onde o Giro-Brasil está,apresentando o que tem por lá.
Obrigada,
Que Deus o acompanhe...

Thiago_TjFla disse...

Fala ai meu camarada..tudo tranquilo??Espero q sim..To acompanhando agora direto a viagem...ja que conheci vc na sua passagem aqui em Petrópolis...Continue ai..Essa terra ai deve ser show!! Tenho muita vontade de conhecer..To agora fazendo um projeto de viagem para Ouro Preto de motoca...vamos ver até Tiradentes eu vou com certeza..Vc foi um dos caras que me incentivou fazer isso pois essa sua busca como vc diz dos Brasis dentro do Brasil é de tirar o chapéu brother...Abraços e Boa Sorte!!! Thiago-Petrópolis-RJ