segunda-feira, março 26, 2007

VIDA CIGANA?

Trinta anos no mesmo local, sem um dia de descanso, sem férias e sempre atendendo... Assim é a vida do "cigano", morador de rua de Vitória-ES, ele conserta sobrinhas, guarda-chuva e coisas do gênero. Tem uma companheira, que ele a chama de "funcionária", não se trata de esposa, mas de ajudante de trabalho. Em matéria de auto-estima, pouco sorri, mas se considera um grande consertador, o melhor e mais eficiente. E tem suas exigências: não aceita dar entrevistas em dias de semana, no máximo uma foto e se conseguir driblá-lo pode ser que responda algumas perguntas.
O encontrei na terça-feira, em uma calçado do centro próximo a Beira Mar, não seria possivel esperar o fim de semana para ter informações, embora tenha me chamado a atenção. O Cigano, como é conhecido, é falante e metido a entendor de tudo. Inclusive de outras linguas, dá gosto de ver. Na conversa é possível perceber que ele tem orgulho do que faz, apesar de mágoas no coração e descontentamento nos olhos. Vez ou outra tem problemas com a policia, "sabe como é a situação de morador de rua né, o rapa (polícia) sempre está no pé e enche o saco", relata.
Aprendeu sozinho o ofício e diz ter muitos clientes (eu não vi nenhum). O que me marcou nesse figura foi essa outra forma de viver na e da rua. Ao invés de pedir, oferece seu trabalho. Não tens nada, mas não perdeu o que de melhor poderia ter: a autoconfiança, embora seja o Cigano que não sai do lugar.

5 comentários:

Jean Ricardo disse...

saludos chico.

pela 1ª vez entrei pra ler seu blog, vai ter boas histórias e causos pra contar no teu livro.

grande abraço inconstante eduardo

Elisia disse...

Talvés essa sua viagem q estas fazendo será dificil termina-la de moto,pois sua bagagem se tivesse q colocar dentro de malas seria impossivel carrega-la ñ teria lugar,iria ter q alugar um avião,imagine colocar na moto todas as amizades,carinhos,imagens,conselhos,experiências,idéias para consertar o q eeta errado,se tivesse q colocar tudo isso na sua mala terias q viajar com um comboio.Mas sei q quando começar a tirar essa bagagem de dentro de ti sairá coisas inacreditaveis,que só um livro para contar essa aventura maravilhosa q tu esta colhendo para nós nesse pais tão lindo chamado BRASIL.um abraço de sua amiga Rosi

Elisia disse...

Talvés essa sua viagem q estas fazendo será dificil termina-la de moto,pois sua bagagem se tivesse q colocar dentro de malas seria impossivel carrega-la ñ teria lugar,iria ter q alugar um avião,imagine colocar na moto todas as amizades,carinhos,imagens,conselhos,experiências,idéias para consertar o q eeta errado,se tivesse q colocar tudo isso na sua mala terias q viajar com um comboio.Mas sei q quando começar a tirar essa bagagem de dentro de ti sairá coisas inacreditaveis,que só um livro para contar essa aventura maravilhosa q tu esta colhendo para nós nesse pais tão lindo chamado BRASIL.um abraço de sua amiga Rosi

luzdoluaremversoseprosa disse...

Que figuraça,hein!Ainda bem que ele concedeu um espaço na agenda dele p/ você e nos revelou um ser interantissímo.

Anônimo disse...

Silvana Estrela comenta...
O "cigano" é um dos milhares de esquecidos do nosso país.Você, com sua sensibilidade,pôde perceber que diante de um quadro tão trite existe um ser humano que tem o que dar.
Continue assim com seu olho "clínico" mostrando,também, o que muitos não enxergam mais.
Parabéns!!!!