sexta-feira, março 30, 2007

O ARCO-ÍRIS DO NORDESTE


A cidade é pequena, interior da Bahia, Ipiaú, símbolo da ascenção e queda do do império do Cacau. E de uma personalidade forte, irreverente, Tito da Cruz.
Na adolescência, para desviar a atenção dos colegas sobre sua sexualidade, assumiu o apelido de Maconha, sem nunca ter fumado. Fugiu do curso de agropecuária, das botas sete léguas e do facão; aceitou seu destino e transformou-se no Arco-Íris do Nordeste, conquistando espaço e sonhos.
A vida não é fácil, exige. Para estudar e ensaiar òpera no Teatro Castro Alves (Salvador), trabalhou com lavagem e venda de roupas em boates gays, serviu refeições na feira livre. Andou léguas. Se inscreveu em shows populares, festivais e programas de TV. Aos poucos a força do forró assume reisado em sua identidade musical. É cantando o amor, o chamego, a alegria e a luta baiana que seu forró sambado explode. Conquistou espaço e a partir de 2002 se tornou presença nas festas de São João e Carnaval de Salvador. Sua mais conhecida composição é a música Pedra Bonita. Passa a ser conhecido na Bahia do extremo sul á caatinga. "Há 25 anos cantei pela primeira vez acompanhado pelo mestre Gafieira, mas eu não gosto de tocar neste assunto para não especularem minha idade", entre uma risada e outra. Polêmico e bem humorado, gravou forrós e sambas no Recife também.
Deixa claro sua posição: "sou uma pessoa pública, não tenho pretensão de omitir uma vírgula sobre minha sexualidade por causa de minha carreira. Meu trabalho é uma linguagem nordestina e o arco-íris é o símbolo gay mundial, eu sou um artista de representação GLS", afirma.

Gravou dois CDS com recursos próprios e o terceiro pelo Canta Nordeste, apoio de mídia local. Produz eventos culturais regionais, e sonha ver nas telas da TV seu roteiro de novela (que escreve há dez anos e guarda em segredo, pretende entregar em mãos a Glória Perez)

10 comentários:

Ricardo disse...

Amigo...
Isso que é diversidade – realidade!!!

Anônimo disse...

Certos momentos na vida que a alma enfraquecida por obstáculos, pode se entregar a lamentação, criando uma energia desoladora mesmo. Mas aqueles que não desistem, aqueles que tem um sonho, e lutam por ele, vão tentando por todos os lados, essas pessoas testadas na fogueira das desilusões, vencedoras pela persistência, costumam cair, levantar, andar, persistir, até plantam em terreno até arenoso, porque sabem que "o impossível é algo que ainda não tomou forma, mas que é tão palpável que seus desejos de vencer", e a força do universo gira em torno dos nossos pesamentos, palavras e atos: "HEI DE VENCER!!!", lembra? Por isso, apesar das perculiaridades de cada ser, do comportamento, dos valores que O constitue, devemos sermos nós mesmos pois, somos únicos- independente da conceituação social, e lutar sempre pelos nossos objetivos e principalmente, da felicidade de ver um sonho se realizar sem fronteiras, nem barreiras pois, o limite de cada um está na mão de um Ser Supremo e Ilimitado, então "O céu é o limite"!!!
Com a graça e permissão Divina cada ser chega a seu objetivo, "insisto" sendo persistente!!!
Da BAianinha.

luzdoluaremversoseprosa disse...

Vou me lembrar deste nome Tito da Cruz quando puxar a cadeira para assistir a novela de Glória Perez no horário nobre da rede Globo,devemos seguir sempre adiante com nossos sonhos mesmo quando nos deparamos com fatores dificultadores e até com nossas próprias limitações,devemos nos super a cada dia."Somente aqueles que acreditam nos próprios sonhos podem mudar a realidade"(autor desconhecido)

Anônimo disse...

Meu amigo, o país está cheio de pessoas assim, cheias de vida, cheias de exemplos pra viver...
O nosso país ainda tem gente interessante, sim senhor!
E cabe a você mostrar-nos, senão todos, uma parte deles...
Beijos de tua amiga que tá aqui em CG torcendo por ti!!
Te cuida, guri!!!

Glenda disse...

Esqueci de identificar o comentário!! Ainda tô aprendendo a fuçar neste espaço aqui...
Beijos, guri!!!

Edilberto disse...

Oi amigo, que saudade! vc como sempre descobrindo coisas interessantes, espero que neste giro de aventuras,conquistas e descobertas, chegue logo o dia de voltar novamente aqui. Abraços!! Edilberto - Araguaina Tocantins

cleber dias disse...

isso aí meu irmão! fazendo o GiroBRASIL cumprir sua tarefa, mostar o Brasil aos brasileiros!
Tá mantendo a linha de redação idealizada...isso é bom(voltou à linha aliás)
super abraço mano...."tamos aì", precisou é ssó chamar

Willian disse...

olá Dudu como vais kra? Embora pouco distante, mas sempre lembro-me de você.....sempre peço a proteção do ser supremo em favor de você afinal, é merecedor....Por Girar o Brasil em Duas Rodas, e poder conhecer e documentar a diversidades historicas e culturais do nosso país....Enquanto muitos procuram nos outros paises a razam para viver a ganacia capitalista e justificar a miseria e a riqueza brasileira.....Vou te acompanhar o Giro inteiro porque companheiro, é companheiro filho da ( o ) ......é filho......

Anônimo disse...

Nossa quantas aventuras, hein Dudu!!!! Ver a tua foto aqui bateu uma saudade imensa, nossa!!! Lembrei de um domingo nosso Lembra?? Quantas peripécias para pedir ajuda aos Santos rsrsrsr
Du meu querido amigo vc mora não meu coração viu e não esqueçi não nossa idéia de irmos a Argentina, tá, pois ainda não fui, srsrsrs então vamos???
Tu ta moreninho vice, eita o Nordeste bom demais!!!
Que tdo Luz boa do Cosmo te acompanhe sempre e te ilumine em todas as direções!!!

Vem logo para Araguaína, estamos todos com saudades... Grande abraço, da amiga de sempre, Lia

Anônimo disse...

Grande Edú, de Recife a João Pessoa, são apenas 120 quilômetros, vai chegar rapidinho. De João Pessoa à Natal são mais 180 quilometro, estamos lhe aguardando para que possa mostrar à que veio e, possa sobretudo levar ao resto do Brasil um pouco do que existe das terras potiguares.
Parabéns pela coragem, determinação, ousadia e, sobretudo a vontade de mostrar através de vídeos, fotos e textos as vísceras do Brasil neste início do terceiro milênio.

APENAS PARA NÃO CONFUNDIR A CABEÇA DO LEITOR:
O Estado maior produtor de petróleo do Brasil é o Rio de Janeiro e o segundo maior em terra e mar é o Rio Grande do Norte.
Quero lembrar também, que segundo estudos da NASA, Natal é a cidade onde se respira o ar mais puro das Américas.
Quero lembrar também que Natal e João Pessoas, são as duas capitais onde o sol nasce primeiro.

Seja bem vindo à Natal, a cidade oceânica mais próxima da Europa e da África.
Jornalista J.Silva /Natal-RN